Homem é preso por espancar mulher e não pagar pensão

Na noite desta terça-feira (11) os policiais militares Tibúrcio e Rosa, apresentaram ao delegado Marcos Mores, no Plantão Permanente, um cidadão chamado Luiz Gustavo Parré, de 29 anos de idade, que estava sendo procurado pela Justiça, com mandado de prisão expedido, por não pagamento de pensão alimentícia.

Acionados pelo Controle Operacional da Polícia Militar (COPOM), os policiais se deslocaram até a Rua Leopoldo Pinheiro Cintra, no Bairro da Boa Vista, onde denúncias relataram que um homem estava espancando uma mulher. Chegando ao local os policiais constataram a veracidade da violência.

A vítima, uma mulher de 20 anos de idade (que não terá o nome divulgado), estava com lesões visíveis no olho, peito e pernas alegou que havia sido agredida pelo companheiro a cadeiradas, socos e pontapés. Ela revelou que o casal vive junto a um ano e nesse período vários registros de agressões físicas aconteceram, inclusive com Boletins de Ocorrência (BOs) registrados na Delegada de Defesa da Mulher (DDM).

O acusado recebeu voz de prisão sendo, imediatamente, encarcerado para ser transportado para a Cadeia Pública de Porangaba, onde estão recolhidos os presos da região que respondem por crimes contra os costumes, como estupro. Ele poderá ser denunciado pela DDM e enquadrado na Lei Maria da Penha, que tem a finalidade de proteger as mulheres contra as agressões físicas e morais.