Homem é alvejado a tiros na Praça da Catedral

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) estão trabalhando para capturar um cidadão que na noite deste domingo (25), por volta das 21h45, disparou três tiros contra Luiz Carlos Ricardo, de 45 anos, na Praça Rubião Júnior – Largo da Catedral Metropolitana, onde havia um bom número de pessoas que testemunharam o crime. O caso foi atendido pelos policiais militares Emerson e Claudimir.

Destaca o Boletim de Ocorrência (BO) registrado no Plantão Permanente que o crime apontado, preliminarmente, como passional, que Ricardo estava na referida praça quando um cidadão chamado Douglas Marcelo de Souza Fonseca, de 19 anos, que tinha desavenças com a vítima há cerca de seis meses, disparou três tiros: um se perdeu, outro atingiu o tórax e o terceiro no queixo. A principal testemunha do crime foi Karina S.F., ex-mulher da vítima.

Segundo apuração preliminar, Luiz Ricardo havia ameaçado matar sua ex-mulher e ela estava andando com a arma de seu irmão no carro, e nesta data quando o ex-marido chegou ao local e começou a agredi-la Douglas Fonseca, que é seu sobrinho, interferiu, pegou a arma que estava no carro e atirou contra a vítima e fugiu a pé e está sendo procurado.

A testemunha foi apresentada no Plantão Permanente onde foi elaborado o Boletim de Ocorrência (BO) e o auto de exibição e apreensão de uma cápsula calibre 6.35 ou .25 encontrada por populares e entregue ? guarnição da PM.

Mesmo baleado Ricardo ainda conseguiu dirigir até a Misericórdia Botucatuense, entrou pela porta da frente e recebeu os primeiros atendimentos, antes de ser transferido ao Hospital das Clínicas (HC) de Rubião Júnior, pela equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), onde permaneceu internado, mas não corre risco de morte.