Homem é acusado de espancar mãe de 78 anos e irmão de 58

Um cidadão de nome José Aparecido da Silva, de 40 anos de idade, foi protagonista principal de cenas de muita violência que o levaram a ser enquadrado em crime de flagrante de lesão corporal dolosa com base na Lei Maria da Penha, pelo delegado José Sérgio Palmieri, no Plantão Permanente.

O crime, atendido pelos policiais militares Bianchi e Roma, aconteceu na madrugada deste domingo, por volta das 2h30, na Rua Brasília, nº 461, no Bairro do Lavapés, tendo como vítima uma senhora de nome Vicentina, de 78 anos de idade e Jair Manoel, de 58 anos, que são mãe e irmão do acusado, respectivamente.

Está descrito no Boletim de Ocorrência (BO), elaborado pelo delegado de plantão, que José Silva, depois de brigar com sua esposa no Jardim Santa Elisa, veio para o Bairro do Lavapés onde moram sua mãe e seu irmão e iniciou outra discussão. O indiciado passou a desferir chutes e pontapés contra a mãe e o irmão, causando lesão em ambos na cabeça e rosto, havendo sangramento.

O barulho atraiu a atenção da vizinhança e a Polícia Militar foi acionada, que chegando ao local deu voz de prisão em flagrante ao acusado. Antes de ser dirigirem ao hospital, para atendimento médico para cuidar dos ferimentos, os dois agredidos fizeram questão de prestar queixa no Plantão Permanente.

O agressor, autuado em flagrante foi recolhido ? Cadeia Pública de Botucatu e o inquérito deverá ser aberto na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), presidido pela delegada titular, Simone Alves Firmino.