Homem diz que furtou perfume porque estava cheirando mal

Fotos: Valéria Cuter

Um homem de 53 anos de idade chamado Ademir Cáceres foi preso em flagrante na manhã desta sexta-feira (8) na Rua Amando de Barros, região central da Cidade, numa ação dos agentes Trombaco, Belo e Pichinin, da equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), da Guarda Civil Municipal (GCM).

Esse cidadão adentrou em uma loja e furtou um frasco de perfume ”Zog” que custa R$ 20,35 e estava tentando sair sem pagar. A ação do indiciado foi flagrada por pessoas que estavam na loja e a GCM foi acionado para fazer o seu encaminhamento ? 1ª Central de Polícia Judiciária, onde foi autuado por crime de flagrante de furto.

Na delegada ele afirmou que mora em Bauru e estava querendo voltar para sua Cidade de origem, mas fazia dias que não tomava banho, cheirava mal e entrou na loja para furtar o perfume. “Entrei na loja e peguei o perfume para não entrar com mau cheiro no ônibus e não causar mal estar nos outros passageiros. Infelizmente, não deu certo”, lamentou o acusado.

De acordo com o GCM Trombaco, na semana passada esse mesmo homem havia entrado em um supermercado e efetuado compras, mas tentou burlar a vigilância e sair sem pagar. “Naquela ocasião o proprietário decidiu não fazer o Boletim de Ocorrência (BO). Por isso, a gente orienta as pessoas para que denunciem”, destacou o agente Trombaco. “É possível que esse cidadão preso com perfume hoje, tenha cometido outros delitos”, complementou o agente municipal.