Homem de 48 anos tira sua própria vida no centro da cidade

Comoção familiar muito grande. Era este o clima no final da tarde desta quinta-feira (20) na Rua Coronel José Vitoriano Villas Boas, região central da Cidade, com o suicídio de Antônio Surano de Haro Filho, o “Suraninho”, de 48 anos de idade, que é bastante conhecido. Ele residia há poucos metros do local onde tirou sua própria vida. Nesse mesmo quarteirão moram outros parentes da vítima.

Por motivos desconhecidos ele cometeu suicídio por enforcamento, usando uma corda, em uma árvore conhecida como seringueira, ao lado da ponte onde corre o rio Lavapés. O corpo da vítima foi encontrado por populares que acionaram os agentes Belo e Nogueira da Guarda Civil Municipal (GCM) e esses buscaram o trabalho do Corpo de Bombeiros, que fez a retirada do corpo. Muitas pessoas, entre parentes, amigos e curiosos se aglomeraram na rua, sendo necessário a GCM e Polícia Militar fazer o isolamento do lado esquerdo da ponte.

O delegado titular do 1º Distrito Policial (DP), Marcelo Lanhoso de Lima, esteve no local e vai presidir o inquérito para tentar apurar a causa da morte. Nesses casos específicos o que se apura é se alguém ajudou ou induziu a vítima a tirar sua própria vida. Na grande maioria das vezes, casos desta natureza são arquivados. O corpo foi levado pela Funerária Coração de Jesus, após conclusão dos trabalhos da Polícia Técnico Científica.

Fotos: Jornal Acontece Botucatu