Guarda municipal tem final de semana agitado em Botucatu

Na sexta-feira, 12, os guardas civis municipais De Santi e Jayme, atenderam a um caso de descarte irregular de entulho. O fato aconteceu na Vila Jardim, onde um senhor de 63 anos estava limpando um terreno e jogando todo entulho numa área verde. Diante dos fatos ele foi orientado e se comprometeu a retirar o material daquele local. O boletim de ocorrência da GCM será encaminhado à Secretaria Municipal do Meio Ambiente para as providências cabíveis.   

Ameaça, lesão corporal e violência doméstica

Ainda na sexta, dia 12, os guardas civis municipais De Santi e Jayme, efetuaram a prisão de um homem de 21 anos, na COHAB I. Uma mulher acionou a Guarda, já que seu ex-amásio estava realizando ameaças em frente sua residência. A vítima conta com medida protetiva limitando a aproximação do ex-companheiro.

Com a chegada os guardas o suspeito se evadiu, porém, minutos depois o agressor voltou ao local e foi detido pelos guardas. Ele foi levado ao plantão policial e foi autuado em flagrante pelos crimes de ameaça, lesão corporal e violência doméstica. Uma fiança no valor de R$ 1.000,00 foi arbitrada pela delegada plantonista, a qual foi paga pelo indiciado, sendo ele liberado. Agora ele responderá pelos crimes em liberdade.

GAPE localiza indivíduo com produtos furtados

Os guardas civis municipais Nogueira, Vaz e Lourenço do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), realizaram a apreensão de vários produtos que haviam sido furtados em alguns locais na cidade. A ação foi desencadeada no Distrito de Rubião Júnior, onde os guardas localizaram um indivíduo, que seria suspeito de praticar furtos em Botucatu.

Durante a abordagem ele acabou confessando que realmente tinha em sua casa vários produtos de procedência ilícita. O averiguado e os produtos foram levados à Delegacia de Investigações Gerias, onde o delgado Celso Olindo deliberou pela apreensão dos objetos. O suspeito foi ouvido e liberado.  

GCM prende procurado pelo crime de furto

Os guardas civis municipais inspetor Destro e o GCM Celso estiveram na Unidade do Poupatempo de Botucatu, onde um indivíduo de 24 anos foi retirar documentos pessoais acabou sendo identificado como procurado pela justiça pelo crime de furto. Diante dos fatos os guardas o conduziram à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde o delegado Dr. Celso Olindo deliberou pela recolha do indivíduo.

GCM prende indivíduo que agrediu esposa

Na tarde de sábado, 13, os guardas civis municipais inspetor Belo e o GCM Batista realizaram a prisão em flagrante de um homem de 33 anos, por agressão contra sua esposa. O fato aconteceu no Residencial Parque Serra Negra. Com a chegada dos guardas, o indiciado se apresentou totalmente alterado.

Ele foi conduzido ao plantão policial, onde o delegado Dr. Antenor de Jesus Zeque determinou pela prisão em flagrante delito do indiciado e arbitrou fiança no valor de R$1.500,00, que não foi paga, sendo assim ele foi recolhido à Cadeia Pública de Itatinga.

GCM localiza menor em suposto baile funk no Santa Maria I

No início da madrugada do último domingo, 14, os guardas civis municipais inspetor Paes e o GCM Lucchesi, localizaram um adolescente de 16 anos em aparente estado de embriaguez. O menor estava em uma casa no Residencial Santa Maria I, onde segundo informações estaria ocorrendo um baile funk, com som muito alto.

Com a chegada dos guardas várias pessoas saíram correndo, porém, a proprietária da casa se apresentou aos agentes em notório estado de embriaguez, momento em que foram localizados os 03 filhos menores de 18 anos (4 anos, 7 anos e 12 anos), que estavam no interior da residência, além do adolescente de 16 anos. Diante dos fatos, o Conselho Tutelar foi acionado e o fato apresentado junto ao plantão policial, onde a delegada Ana Paula Baston Theodoro Bengozi lavrou boletim de ocorrência para apuração dos fatos.

GCM flagra indivíduo tentando fazer “gato” de TV a cabo

Por volta da 1h30m da madrugada de domingo, 14, os guardas civis municipais inspetor Paes e o GCM Lucchesi flagraram um indivíduo tentando fazer “gato” de TV a cabo  na Vila Real. Depois de denúncia anônima, realizada no telefone 199, os guardas foram até o local indicado e encontraram um morador em frente sua residência tentando furtar sinal de TV.  

Ele estava em uma escada no poste de iluminação pública, mexendo no terminal de conexão ali instalada. O  averiguado confessou que estava tentando subtrair o sinal indevidamente, já que havia um negócio mal resolvido com a operadora de TV. A Polícia Científica compareceu no local para perícia e o fato foi apresentado no plantão policial, onde o delegado Dr. Geraldo Franco Pires deliberou pela elaboração do boletim de ocorrência e liberou o suspeito, já que não foi possível localizar representante algum da operadora de TV a cabo.