Guarda Municipal prende procurado por estupro de vulnerável e homicídio com pena de 41 anos de prisão

ProcuadoNa tarde desta quarta-feira, 8, o inspetor Carlos e o GCM Dias do Grupo de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Municipal de Botucatu, acabou efetuaram a prisão de Aparecido Duque, de 45 anos, indivíduo considerado de altíssima periculosidade, já que existe condenação na justiça do Estado do Paraná, com pena de mais de 41 anos de prisão a cumprir em regime fechado pelos crimes de homicídio, estupro de vulnerável e tentativa de homicídio.

A prisão ocorreu durante o patrulhamento ambiental no Bairro da Mina, onde os guardas avistaram um indivíduo que saiu correndo em direção a uma área verde. Ao perceberem a atitude, os guardas iniciaram a perseguição a pé e conseguiram deter o suspeito. Indagado porque tentou fugir, ele não soube explicar e começou a inventar nomes com intuito de ludibriar os guardas, porém, em dado momento o averiguado confessou que estava no Bairro da Mina há um mês e é foragido da Cadeia de Nova Olímpia na Comarca de Cidade Gaúcha, Paraná. Diante dos fatos o indivíduo foi conduzido à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde o delegado Dr. Celso Olindo verificou toda ficha criminal dele e constatou que realmente é procurado pelo Sistema Carcerário do Estado do Paraná. Posteriormente o caso foi apresentado junto ao plantão policial sendo que o delegado Dr. Mauro Sérgio Rodrigues dos Santos elaborou boletim de ocorrência de captura de procurado à Cadeia Pública de Itatinga.