Grupo Ambiental flagra rinha de galos na Cohab V

Denúncia anônima resultou em um flagrante de crime contra o meio ambiente, na Rua Frei Oscar Lourenzi – Cohab V, atendida pelos agentes do Grupo de Proteção Ambiental (GPA), Carlos e Amâncio, da Guarda Civil Municipal (GCM).

Os guardas foram informados que nesse local existia uma rinha para brigas de galos e com a autorização do proprietário entraram no quintal onde havia diversas galinhas soltas, sete galos presos em um viveiro de, aproximadamente, 9 metros quadrados e 18 galos confinados em pequenas jaulas. Ainda nesse terreno os guardas detectaram um quadrado de tecido e madeira onde funcionaria uma rinha para briga de galos.

Solicitada a presença da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) e feita analise por uma médica veterinária, sendo constatado que as aves estavam em bom estado de saúde. Entretanto, o fato de várias aves estarem confinadas em pequenas jaulas configurou-se em crime de maus tratos. O proprietário foi conduzido ao Plantão Policial Permanente onde o delegado Celso Olindo tomou ciência dos fatos e elaborou o Boletim de Ocorrência (BO).