Grupo Ambiental efetua flagrante de caça em Anhumas

Atendendo denúncia anônima feita junto ao telefone 199 da Guarda Civil Municipal (GCM), os agentes do Grupo de Proteção Ambiental (GPA), Carlos e Prado deslocaram-se até o Bairro de Anhumas (24/12) onde flagraram dois indivíduos que lá estavam praticando crime de caça ilegal.

Com os autores foram localizados duas coleirinhas papa capim (sporophila caerulescens), dois tico-ticos rei (coryphospingus cucullatus), um alçapão, três gaiolas comuns e uma gaiola de transporte. Diante do fato as partes envolvidas foram conduzidas ao plantão policial onde a autoridade policial plantonista elaborou Termo Circunstanciado (TC) baseado na Lei 9.605/98 artigo 29 que dispõe sobre crimes ambientais.

Foi, então, determinada a apreensão dos equipamentos utilizados para a caça e também das aves, liberando os autores um com 46 anos e o outro com 50 anos de idade. As aves foram conduzidas pelo GPA até o Centro de Estudo de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (CEMPAS), da Unesp, onde irão ser readaptadas para poder voltar ao seu habitat natural.