Grupo Ambiental averigua venda ilegal de eucalipto

Segundo o administrador de uma fazenda, uma pessoa estaria tentando comercializar um lote de eucaliptos da propriedade sem a autorização dos proprietários

 

Os guardas civis municipais Camargo e De Santi do Grupo de Proteção Ambiental (GPA), da Guarda Municipal, estiveram realizando um caso de averiguação de estelionato, ocorrida na região do bairro rural Monte Alegre, onde segundo o administrador de uma fazenda, uma pessoa estaria tentando comercializar um lote de eucaliptos daquela propriedade, porém sem nenhuma autorização dos proprietários.

Diante desta suspeita o administrador marcou um encontro com o indivíduo que estava tentando vender o eucalipto e acionou a GCM para averiguar. No local o suposto vendedor alegou estar somente negociando em nome de uma terceira pessoa, que também será investigada. O fato foi apresentado à Polícia Civil para que o setor de investigações apure o caso.

O averiguado informou que tem toda documentação do eucalipto que está negociando e se comprometeu apresentar o cidadão que seria a pessoa que revelou ser a proprietária dos eucaliptos. Até que tudo seja   apurado os nomes das pessoas envolvidas nesse caso, registrado como averiguação de estelionato,  serão mantidas em sigilo.