GPA registra ocorrência de infração ambiental

Um caso registrado como infração ambiental foi registrado pelos guardas municipais inspetor Carlos e agente De Santi, do Grupo de Patrulhamento Ambiental (GPA), com a apreensão de pássaros mantidos irregularmente em cativeiro.

A ação deu-se pela Rua Professor Benedito Paes de Almeida, na Vila Pinheiro, após uma denúncia anônima. Contatado o morador que confirmou manter aves (pintassilgo e coleiras), sem as anilhas de identificação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiental e Produtos Renováveis (Ibama).

Ocorrência foi encaminhada a 2ª Central de Polícia onde o delegado  José Sérgio Palmieri Junior, tomou ciência e elaborou o Termo Circunstanciado (TC) da Polícia Civil em conformidade com Lei de Crimes Ambientais.

 

Coruja resgatada

 

Também atendendo solicitação feita via 199, à guarnição do GPA deslocou-se até a Praça Isabel Arruda, Centro, onde de acordo com informações havia uma ave, aparentando estar machucada. Desta forma, foi constatado o fato e a ave identificada como uma coruja da espécie  suindara, foi capturada.

Nos dois casos específicos as  aves foram encaminhadas ao Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas), da Unesp de Botucatu ficando aos cuidados da equipe de médicos veterinários onde passarão por análise e atendimento necessário para uma possível soltura na natureza.