GPA flagra vacas e cavalos em área protegida

Atendendo solicitações feita via telefone  199, à guarnição do Grupo de Proteção Ambiental (GPA), formada pelos guardas municipais inspetor Carlos e agente De Santi, atenderam a duas ocorrências de cavalos e vacas em áreas protegidas.

Na Estrada Ernani Pardini, zona rural, os agentes flagraram várias cabeças de gado solta em uma área de propriedade do estado, sendo uma área protegida por lei e denominada Floresta Estadual de Botucatu. Desta forma, foram localizados os referidos animais, totalizando 25 vacas e um burro.

Foi localizado o proprietário dos referidos animais o qual informou que não saiba de quem era a área, achando ser da Prefeitura, e que reformou a cerca e soltou o gado sem a devida autorização. Portanto, o proprietário dos animais foi orientado e retirou-os do local.  Não foram identificados danos pela área.

Pela Rua 1º de Maio, na Vila Antártica foi localizado uma  cocheira para criação de cavalos, construída de maneira inadequada. No cercado havia dois cavalos, que segundo os moradores deixavam o local com mau cheiro e sujeira. Não foi possível contatar o proprietário desses animais já que ele não foi localizado. A Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) foi informada.