Golpistas são presos após lesar idosa em R$ 9.900,00

Os policiais especializados da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Marcos Franco e Vitor, juntamente com o delegado Celso Olindo realizaram a prisão de um casal de farsantes na Rua General Telles, nas proximidades da igreja Santa Terezinha, no Bairro do Lavapés, na manhã desta sexta-feira (21). São eles: Alex Sordera, de 34 anos e Rosana Duarte Lameo, de 49 anos.

A polícia chegou até o casal depois de um trabalho investigativo feito através de um Boletim de Ocorrência sobre um golpe que havia sido aplicado um dia antes (quinta-feira) contra uma senhora de 71 anos de idade, chamada Vera L.F.C., que havia saído da agência da Caixa Econômica Federal (CEF) após receber sua aposentadoria no valor de R$ 4.600,00. Os passos da mulher foram seguidos pela farsante que no ponto de ônibus abordou a vítima e puxou conversa, dando o nome de Silvana.

Num dado momento a conversa girou em torno de doenças e a desconhecida passou o conhecer os problemas de saúde da vítima e alegou que conhecia um benzedor muito bom chamado João, que estaria nas proximidades. A vítima aceitou conhecer o tal benzedor que estava em um veículo Astra, placas DSL-6990, de Limeira, de cor prata. Ele desceu do carro e “aceitou” benzer a mulher na calçada. Num dado momento ele apanhou uma folha de papel e pediu que mulher cuspisse. Sem que a mulher percebesse trocou o papel por outro com tinta vermelha simulando ser sangue dizendo que a mulher precisaria de um benzimento mais completo.

Inocentemente a mulher levou o casal de farsantes até sua casa e com forte poder de convencimento fez com ela entregasse o dinheiro retirado do banco, ou seja, R$ 4.600,00, que enrolou em um papel. Não satisfeito disse que a mulher tinha mais dinheiro em casa e ela acabou entregando mais R$ 5.300,00 ao homem que fez o mesmo procedimento enrolando em um papel. Em seguida entregou a mulher os dois pacotes enrolados como se estivesse devolvendo o dinheiro. Entretanto, disse que ela só poderia abrir o pacote em três dias para que o benzimento desse certo. O casal foi embora levando R$ 9.900,00.

Somente depois que o casal foi embora a mulher desconfiou que havia sido enganada e ao verificar os pacotes percebeu que o dinheiro tinha sido levado. Ela acionou sua advogada que a acompanhou até a 1ª Central de Polícia Judiciária e o caso foi encaminhado ? DIG.

Sabendo que aquela mulher vivia sozinha e poderia ter mais dinheiro no banco, o homem ligou para ela na manhã desta sexta-feira (21) propondo uma nova sessão de benzimento para que ela ficasse livre, de forma definitiva, de todos os seus males. Desta vez a mulher avisou sua advogada e os policiais da DIG foram avisados. A senhora, então, marcou encontro com o casal em frente a Igreja Santa Terezinha e quando os dois farsantes chegaram, receberam voz de prisão. No carro havia várias folhas de papel cortadas em tamanho de cédulas e tinta para “transformar a saliva em sangue”.

Os dois farsantes foram indiciados em crime de furto mediante fraude. Rosana Lameo foi conduzida para a Cadeia Pública de Porangaba e Alex Sordera para Itatinga. “Nosso trabalho continua, pois acreditamos que eles tenham aplicado outros golpes semelhantes em Botucatu e em outras cidades da região e até do estado. Nós próximos dias é possível que outras vítimas sejam identificadas”, disse o policial Marcos Franco.