Gepom flagra adolescentes com moto “pinada” sem placa

Não foi possível constatar a procedência do veículo, já que o quadro estava com a numeração “pinada” e o número do motor raspada, além de  não possuir placa de identificação

 

Nesta terça-feira os guardas civis municipais Camargo e Ronaldo do Grupo Especializado de Patrulhamento Com Motos (Gepom), juntamente com os GCM’s De Santi e Jayme, acabaram atendendo uma denúncia anônima registra no telefone 199, dando conta que três adolescentes estariam empurrando uma motocicleta sem placas, fato este que estava acontecendo na região do Jardim Brasil.

Durante averiguação os adolescentes foram localizados sem a referida moto, porém estavam com capacetes e ao serem indagados sobre a motocicleta, eles mostraram onde ela estava. Não foi possível constatar a procedência do veículo, já que o quadro estava com a numeração “pinada” e o número do motor raspada, além de  não possuir placa de identificação.

O fato foi apresentado no plantão policial, onde a delegada  Ana Paula Baston Theodoro Bengozi, ouviu os menores, sendo que um deles confessou ter comprado a motocicleta pelo valor de R$200,00, mas não soube informar quem seria a pessoa que lhe vendeu o veículo. Todos foram ouvidos e liberados, sendo a moto apreendida para ser periciada com intuito de constatar se é produto ilícito.