GCM registra violência doméstica em cascata

Atendendo solicitação feita via 199 ? equipe Grupo Especial de Patrulhamento Ostensivo com Motocicletas (GEPOM) formada pelos agentes municipais Lazarini e Leandro se deslocou até a Rua Vicente Camilo, na Cascata da Marta, zona rural de Botucatu, onde segundo informações uma senhora de 33 anos foi agredida por seu marido. No local a equipe fez contato com a vítima que informou que se abrigou na casa do vizinho devido a várias agressões sofridas durante o dia.

Diante das informações e de posse das características do individuo a equipe se deslocou até a residência da mesma onde um cidadão identificado por Hamilton Pascoal Camilo, de 37 anos, ao ver a viatura abandonou uma máquina de cortar grama no chão e saiu correndo, sendo perseguido e ao tentar pular uma cerca de arame farpado caiu e feriu o punho.

Ao receber voz de prisão o homem negou a agressão contra a mulher e devido ao ferimento sofrido foi solicitado ? presença do resgate do Corpo de Bombeiros que conduziu o mesmo ao Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas (HC), enquanto a mulher foi conduzida ao Pronto Socorro (PS) Regional Adulto. Posteriormente foi conduzida ao Plantão Permanente e apresentada ? delegada Simone Alves Firmino Tuono.

A delegada após tomar ciência dos fatos elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de natureza violência doméstica e arbitrou fiança ao agressor que não cumpriu o pagamento e diante do fato foi ratificada a voz de prisão baseada na Lei Maria da Penha e o agressor foi recolhido ? Cadeia Pública de Itatinga, após ser escoltado pela Policia Militar (PM) devido o ferimento sofrido no punho.