GCM registra lesão corporal na Vila Real

 

GCM atende 2 casos de apoio a outras instituições públicasNa tarde desta quinta-feira, 15, os guardas municipais Prado e Marcos, ambos do Grupo Especializado de Patrulhamento Com Motos (GEPOM), foram até a Vila Real, onde uma mulher de 20 anos foi agredida pelo amásio. No local a vítima alegou que momentos antes o agressor chegou em casa e iniciou-se uma discussão que resultou em lesões na jovem.

Ela foi avaliada por uma equipe do SAMU e ambos foram apresentados na DDM. Foi elaborado um BOPC de lesão corporal e o casal foi liberado.