GCM registra falso sequestro na Vila dos Lavradores

No desespero,  a mulher recebendo ameaças de golpistas,  teria depositado R$ 1.300,00 numa agência lotérica e estava com um envelope com mais R$ 800,00

 

Nesta segunda-feira os guardas civis municipais Petenucci e Batista com apoio do inspetor Pichinin e o agente Zambonato do Grupo de Ações Preventivas Especiais (Gape), acabaram atendendo um caso de falso sequestro praticado contra uma mulher de 54 anos de idade.

O fato chegou até a GCM através do telefone 199, onde a filha dessa mulher  idosa informou aos guardas Prado e Pedro da Central de Atendimento que sua mãe estava totalmente nervosa e não desligava o telefone celular. Ela também já teria ido a uma agência bancária sacar dinheiro, mesmo o marido tentando impedir ela depositou R$ 1.300,00 numa agência lotérica.

Após patrulhamento na Rua Major Matheus os guardas identificaram a mulher que estava com mais um envelope contendo R$800,00 em dinheiro, que seria depositado novamente aos golpistas que a todo o momento faziam ameaças alegando estar com sua filha e pedia dinheiro para não matá-la. Os guardas retiraram o envelope das mãos da mulher imediatamente e ligaram para filha dela já que a vitima não estava convencida que se tratava de um golpe. O fato será investigado com intuito de identificar os golpistas.