GCM registra caso de maus tratos contra deficiente

Um jovem com deficiência mental foi localizado pela polícia no domingo (21) amarrado dentro de casa no Jardim Brasil, em Botucatu. De acordo com informações da Guarda Civil Municipal (GCM), após uma denúncia de que um rapaz de 25 anos com deficiência mental estava sendo agredido por familiares, os agentes encontraram a vítima com as mãos amarradas para trás.

Além disso, os guardas municipais também notaram que o jovem estava com hematomas nos pulsos e lesões na orelha e no rosto, mas não puderam comprovar se os ferimentos eram recentes. Ainda segundo a denúncia, uma mulher se apresentou como avó dele. Questionada, ela negou qualquer tipo de agressão e alegou que a vítima fica amarrada para não se machucar. Além do jovem, moram na casa um adolescente de 13 anos e outro, de 16.

A vítima foi retirada da casa e encaminhada para o setor de psiquiatria do Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu, onde permaneceu internada. Um Boletim de Ocorrência (BO) de maus-tratos foi registrado pela Polícia Civil e o caso será investigado.