GCM recolhe animal em situação de risco na SP-300

A guarnição com os agentes Marciolli e Camargo, da Guarda Civil Municipal (GCM) compareceu na SP 300 Rodovia Marechal Rondon onde um cavalo estava solto na pista gerando risco de acidentes, uma vez que a estrada tem um fluxo de veículos acentuado. Como não se encontrou o proprietário, o animal foi levado ao Canil Municipal pela equipe do Centro de Zoonoses do município.

Animais soltos que perambulam pelas margens das rodovias podem ser responsáveis por acidentes de graves proporções. Com isso aumenta o trabalho dos policiais rodoviários e agentes municipais que, regularmente, se vêem obrigados a fazer o recolhimento de animais como cavalos, vacas e cabras, transpondo a pista, principalmente, nas proximidades das cidades.

O interessante é que após o animal causar um acidente, o proprietário, raramente, se apresenta, pois é ele que irá responder processo na Justiça pelos danos que o animal vier a causar. “O proprietário tem a obrigação de manter seus animais em locais adequados. No caso de um acidente com vítima fatal, por exemplo, ele poderá responder por crime de homicídio culposo”, alerta o comandante da Base Operacional da Polícia Rodoviária de Botucatu, tenente Ricardo Maganha.