GCM realiza prisão de cidadão procurado pela justiça

Foi constatado no Cejusc que o indivíduo estava sendo procurado pela justiça com mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Cível de Botucatu pela falta de pagamento de pensão alimentícia

 

Por intermédio de uma solicitação feita ao telefone 199,  os guardas civis municipais Petenucci e Pedro realizaram a prisão de um indivíduo de 39 anos, no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Comarca de Botucatu,  região central da Cidade,  onde estaria acontecendo uma audiência de conciliação.

Entretanto, verificou-se que o referido indivíduo estava sendo procurado pela justiça, já que existia mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Cível de Botucatu pela falta de pagamento de pensão alimentícia. O caso foi apresentado na Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde o delegado Celso Olindo deliberou pela recolha indiciado junto à Cadeia Pública de Itatinga.

 

Apoio ao Judiciário

Já os guardas municipais Barcaça e Wilson estiveram realizando apoio ao Poder Judiciário, acompanhando uma oficial de justiça com dois mandados judiciais de decisões de medidas protetivas a serem cumpridos impedindo indivíduos de se aproximarem de vitimas de violência doméstica. Ambos mandados foram cumpridos tranquilamente, sendo que um dos indivíduos não foi encontrado, já o outro foi devidamente notificado.

 

Auxilio comunitário

Também o GCM Maffei que estava trabalhando na Base Integrada de Segurança prestou auxilio a uma senhora de 56 anos. Fato aconteceu após se verificar que a mulher estava totalmente desorientada. Diante do exposto os agentes Petenucci e Pedro  estiveram no local e conduziram aquela senhora ao Projeto do Centro de Atendimento ao Migrante Itinerante e Mendicância, ficando aos cuidados da equipe de assistentes sociais.