GCM presta homenagem aos destaques do 1º semestre de 2016

GCM presta homenagem aos destaques do 1º semestre de 2016 (3)Na última semana o secretário municipal de segurança, Adjair de Campos e o comandante geral da Guarda Municipal, Sergio Luis Bavia realizaram homenagens aos guardas que se destacaram durante o 1º semestre de 2016. A solenidade teve o objetivo da entrega do título de “Destaque do Mês” de janeiro a junho deste ano.

O inspetor Pichinin e os guardas Nogueira, Vaz, Leite, Lourenço e Zambonato do GAPE, foram elogiados pela participação da prisão de uma quadrilha de assaltantes que agiam em Botucatu no mês de janeiro, bem como a prisão de um homem de 34 anos, suspeito de ter praticado roubo e estupro a uma mulher na região da Vila dos Lavradores no mês de março.

O inspetor Belo e o GCM Batista no mês de fevereiro efetuaram a prisão de um indivíduo de 33 anos que agrediu a esposa, o fato aconteceu no Residencial Parque Serra Negra. A GCM Flávia no mês de maio, já que acabou evitando através do telefone 199, que fosse consumado mais um golpe do sequestro a um idoso de 72 anos, a referida GCM conseguiu entrar em contato com as filhas da vítima, que informaram estar tudo bem, inclusive conversou por telefone com o idoso, que só assim se tranquilizou e ficou convencido que se tratava de um golpe.

GCM presta homenagem aos destaques do 1º semestre de 2016 (7)Já o inspetor Carlos e os GCM’s Dias, André e Carmelin do Grupo de Proteção Ambiental (GPA), que no mês de abril recuperaram 02 veículos furtados, já em junho efetuaram a prisão um homem de 45 anos, indivíduo considerado de altíssima periculosidade, já que existe condenação na justiça do Estado do Paraná, com pena de mais de 41 anos de prisão a cumprir em regime fechado pelos crimes de homicídio, estupro de vulnerável e tentativa de homicídio.

Além disso, eles foram responsáveis pela organização do evento que entregou cerca de 400 placas, na última etapa do programa Acessibilidade Rural (CEP Rural). O projeto é desenvolvido pela Guarda Civil Municipal (GCM) e pela CATI – Regional Botucatu. Já foram instaladas cerca de 1200 placas padronizadas com o nome e código da propriedade rural. Com essas informações cadastradas e auxílio de GPS, serviços públicos como os da GCM (199), SAMU (192) e Corpo de Bombeiros (193) podem atender a população do campo com mais agilidade sempre que acionados. O CEP Rural é uma ideia pioneira que garantiu a Botucatu a conquista do Prêmio Mario Covas, em 2012, na categoria Inovação em Gestão Estadual.