GCM prende rapaz procurado por crime de latrocínio

Na manhã desta sexta-feira (04), o inspetor Barcaça e a agente Edineia, da Guarda Civil Municipal (GCM) de Botucatu, em patrulhamento pela Avenida Floriano Peixoto (Poupatempo), região central da Cidade, realizaram a prisão de um rapaz que estava sendo procurado pela Justiça por crime de latrocínio (roubo seguido de morte) cometido na cidade de São Pedro. Para este tipo de crime considerado hediondo, a lei faculta ao condenado uma pena que varia de 12 a 30 anos de reclusão. Trata-se de Tiago Donizetti de Oliveira, de 22 anos de idade.

O crime foi cometido em janeiro de 2012 contra um taxista de 71 anos de idade que, segundo o próprio Tiago, teria reagido e acabou baleado com um tiro na cabeça. Ele agiu em conluio com outros dois comparsas. A intenção era assaltar o taxista e usar o dinheiro para fazer uma festa.

O trio planejou o crime ciente de que o taxista tinha dinheiro, mas quando a vítima foi rendida acabou reagindo ao assalto e foi morto com um tiro disparado, segundo Tiago, por um dos seus comparsas. Eles levaram R$ 150,00, em dinheiro.

Segundo apurou o delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Celso Olindo em contato com o delegado de São Pedro, o caso teve muita repercussão na cidade pelos modos operantes da quadrilha e que os dois comparsas de Tiago já estavam presos. O latrocida foi encaminhado ? Cadeia Pública (transitória) de Itatinga e nas próximas horas deverá ser escoltado até São Pedro para que possa ser julgado pelo crime.