GCM prende rapaz acusado de estupro

Em patrulhamento preventivo e comunitário pela Rua Dos Costas, região da Vila São Lúcio a guarnição da Guarda Civil Municipal (GCM) formada pelo inspetor Barcaça e o agente Adeilson recebeu uma informação via rede de rádio que um cidadão chamado José Roberto Honorato Filho, de 29 anos conhecido como “Tutinha”, que tem uma extensa ficha criminal, havia sido apontado por uma senhora de 33 anos como autor de estupro cometido contra ela.

Segundo relatou essa mulher, que faz tratamento de dependência química na Unesp e é frequentadora do Centro de Atendimento ao Migrante Itinerante (Camim), ela passava por um caminho alternativo naquela região da Cidade, que seria um ponto de encontro de usuários de entorpecente, onde teria sido agarrada pelas costas com uma “gravata” recebendo vários socos e pontapés. Após consumar o ato sexual o agressor fugiu, sendo detido em uma casa abandonada.

Com as características do acusado os agentes realizaram patrulhamento e localizaram o acusado que foi conduzido ao Plantão Policial Permanente onde aguardou a liberação da vítima que passava por atendimento médico no Pronto Socorro (PS) Regional, onde foi confirmada a violência sexual e apontou “Tutinha” como autor do estupro.

O homem negou o fato e informou que teria tido relação sexual com a mulher, com o consentimento desta pagando certo valor pelo ato. Quando indagado quanto ? s ferimentos no queixo, na face do rosto e na boca o mesmo não soube explicar. O delegado Geraldo Franco Pires elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de estupro ratificando a voz de prisão dada anteriormente pela guarnição.