GCM prende ex-presidiário por crime de tráfico

Na tarde desta segunda-feira (14) a equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), com o inspetor Pimentel e agentes Adeilson e Pichinin, da Guarda Civil Municipal (GCM), em conjunto com a equipe do inspetor Iwerton e Lucchesi, deflagraram uma operação de fiscalização de alvará em bares na região do Jardim Santa Mônica, estabelecimentos estes alvos de denúncia de tráfico e venda de bebida alcoólica para menores de idade.

Porém, quando os agentes transitavam com as viaturas pela Rua Carlos de Rosa, local conhecido como ponto de venda de drogas (biqueira) depararam-se com Ariel Servino da Silva, de 27 anos, saindo de um terreno baldio, momento este que os agentes optaram pela abordagem. Durante a busca pessoal foram localizadas 02 pedras de crack.

Indagado quanto ? procedência da droga Ariel, que já esteve preso por 06 anos por crimes de tráfico e assalto ? mão armada, acabou confessando que estava traficando naquele local e mostrou onde estavam escondidas outras 14 pedras de crack e 06 parangas de maconha prontas para a venda.

Prosseguindo averiguação os agentes questionaram se Ariel teria mais entorpecente em sua residência e o mesmo acabou revelando que tinha cerca de 20 gramas de cocaína e material para embalar a droga. Em diligências na casa de Ariel a GCM localizou a droga que estava escondida e mais uma pequena porção de maconha.

Diante dos fatos Ariel recebeu a voz de prisão e foi conduzido ? Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), onde o delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho ratificou a voz de prisão e deliberou que Ariel fosse recolhido ? Cadeia Pública de Botucatu, onde permaneceu a disposição da Justiça e responderá por mais um crime de tráfico.