GCM prende condenado que estava em liberdade

A guarnição formada pelos guardas municipais Celso e Maffei compareceu à Rua Manoel Messias, Residencial Caimã, em Rubião Júnior, onde segundo informações um indivíduo fazia menção de estar armado e ameaçando pessoas de morte. Em contato com uma das testemunhas, esta relatou que teria sido agredido com um chute nas partes íntimas e que o autor do fato também o ameaçou de morte.

Ao questionar o acusado sobre seus dados pessoais os agentes municipais detectaram que não portava documento de identidade e deu um nome falso, tentando esquivar-se de ser preso. Entretanto, o nome verdadeiro do averiguado foi fornecido por testemunhas e ao ser consultado seus antecedentes criminais,  via Informações de Segurança (Infoseg), foi constatado que estava procurado pela justiça pelo crime de estelionato (artigo 171).

As partes foram conduzidas ao Plantão Policial Permanente onde o delegado Paulo Buchignani tomou ciência dos fatos e elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de natureza captura de procurado e lesão corporal dolosa, sendo o indiciado encaminhado à Cadeia Pública de Itatinga, onde permanece.