GCM prende casal acusado de furto em lojas centrais

Com as características repassadas pela vítima, um homem de 37 anos e uma mulher de 40 anos, acabaram sendo localizados com os produtos furtados

 

Um trabalho desenvolvido pelo inspetor Belo e agente Marcos, da Guarda Civil Municipal (GCM) culminou com a prisão em flagrante de um casal acusado de praticar furtos em lojas na região central da cidade.  Foram constatados furtos na Loja Doce e Lojika, mas não está descartada a possibilidade de que eles tenham lesado outras lojas nos últimos dias.

Os guardas foram acionados através do telefone 199, revelando que o casal havia furtado barras de chocolate da loja de doces na Rua Amando de Barros. Com as características repassadas pela vítima, um homem de 37 anos e uma mulher de 40 anos, acabaram sendo localizados com os produtos furtados, no cruzamento das ruas João Passos com a Moraes Barros.

Na revista os agentes municipais constaram que além dos doces, o casal estava com outros que foram subtraídos de um segundo estabelecimento, também na Rua Amando de Barros. O caso foi apresentado junto ao plantão policial, onde o delegado José Sérgio Palmieri Júnior deliberou pela prisão dos indiciados, que foram recolhidos à Cadeia Pública de Itatinga.

 

Auxilio comunitário

Já os agentes Petenucci e Dias prestaram um atendimento comunitário na Cohab I, onde um senhor de 62 anos estava totalmente desorientado, caído na calçada, aparentemente, alcoolizado. Indagado pelos guardas ele informou não morar em Botucatu e foi levado ao Projeto do Centro de Atendimento ao Migrante Itinerante (Camim).