GCM prende autora de furto no Terminal Rodoviário

Ação do guarda municipal Iwerton, que trabalhava no Posto Comunitário do Terminal Rodoviário, resultou na prisão de uma  mulher de 25 anos de idade chamada Adriana. O fato aconteceu após um advogado pedir ajuda ao agente informando que minutos antes uma mulher juntamente com uma criança havia ido a seu escritório de advocacia na Vila dos Médicos pedindo dinheiro, porém num momento de distração ela furtou um celular de sua propriedade.

Em posse das características físicas, bem como informações das vestimentas da suspeita Iwerton localizou a suspeita nas proximidades do Terminal Rodoviário e trazia consigo o objeto furtado do advogado e recebeu voz de prisão.

Com o apoio do inspetor Destro e agente Petenucci a autora do furto foi conduzida a 1ª Central de Polícia Judiciária, onde o delegado Marcelo Lanhoso de Lima ratificou a voz de prisão e arbitrou uma fiança no valor de R$1.500,00. Como a indiciada não tinha dinheiro para arcar com a dívida foi recolhida à Cadeia Pública de Porangaba.

 

Pessoas desorientadas

Também a GCM, por intermédio dos agentes Giselle e Jayme  atendeu a mais dois casos de pessoas em situação de vulnerabilidade. O primeiro na Avenida Conde Serra Negra, onde uma mulher de 56 anos estava totalmente desorientada e informou aos guardas que lembrava somente da rua que reside na região central. Diante da situação a casa foi localizada e a mulher deixada aos cuidados do filho.

O outro caso aconteceu na Vila Sônia, onde um cidadão de 25 anos também desorientado, que passava informações desconexas aos guardas. Porém, os agentes conseguiram localizar a residência no Jardim Brasil e ele ficou aos cuidados de sua irmã. Ela revelou que seu irmão sofre esquizofrenia e é comum fugir de casa.