GCM flagra venda ilegal de imóvel no Residencial Caimã

Guarnição formada pelos guardas municipais inspetor Belo e agente Petenucci, compareceu na Rua João Batista Ferrari, no Residencial Caimã, onde um caso de estelionato foi denunciado. O nome das pessoas envolvidas ficarão em sigilo até que tudo seja, devidamente, elucidado.

A solicitante informa que  sua casa havia sido invadida por uma família desconhecida. A mulher que estava nessa residência relatou que um homem estava vendendo aquele imóvel e ela teria dado uma entrada de R$ 5 mil para comprá-lo, mas não recebeu o comprovante de venda. Alegou  que sua mudança para o imóvel havia acontecido durante a noite.

Entretanto, a proprietária da casa apresentou o contrato de compra do imóvel em seu nome. Com isso,  as partes foram devidamente orientadasquanto às medidas judiciais cabíveis e após foram liberadas. O homem que teria vendido o imóvel está sendo procurado.