GCM flagra desvio de combustível em transportadora

Durante patrulhamento rural na manhã desta quarta-feira (19) os guardas civis municipais inspetor Carlos e o agente Marcos do Grupo de Proteção Ambiental (GPA) realizaram a prisão de dois indivíduos, sendo que um deles trata-se de Divino de Assis, 55 anos e outro de 38 anos.

Guardas acabaram deparando com o caminhão estacionado as margens da Rodovia Geraldo Pereira de Barros (SP-191), altura do km 176 na região do Rio Bonito Campo e Náutica, onde avistaram os dois indivíduos com alguns galões, diante da situação resolveram verificar o que exatamente estava acontecendo e detectaram que o motorista do caminhão estava furtando combustível da carreta tanque que dirigia. O segundo indivíduo de 38 anos, que estava presente, acabou sendo identificado como receptador daquele combustível.

Diante dos fatos a gerência da transportadora foi acionada e as partes foram encaminhadas à 2ª Central de Polícia Civil de Botucatu, onde foi deliberada a prisão em flagrante dos indivíduos, sendo que o motorista do caminhão, Divino de Assis foi preso pelo crime de furto qualificado tentado e encaminhado à Cadeia Pública de Itatinga. Quanto ao segundo elemento de 38 anos acabou sendo enquadrado no crime de receptação, porém após pagamento de fiança no valor de R$3.500,00 foi liberado e responderá processo em liberdade.

Na operação foram apreendidos 200 litros de álcool anidro, que segundo o motorista do caminhão era vendido, clandestinamente, pelo valor de R$1,00 o litro. Todo esquema de furtar o combustível era realizado por um dispositivo conhecido como "chupa-cabra", que permite a retirada do combustível do tanque sem que o lacre de segurança da carga seja rompido.