GCM fecha o cerco contra o vandalismo em praças

Aos finais de semana grupos de pessoas estão se aglomerando em praças públicas da cidade para ingerir bebida alcoólica, fazer uso de substancias entorpecentes (principalmente maconha), necessidades fisiológicas, muita algazarra e até cenas de sexo.  Esta atitude que vai até altas horas da madrugada  acaba por perturbar o sossego público de quem mora das imediações desses logradouros públicos.

Uma das praças mais usadas para a prática desses atos ilícitos é  a praça Raul de Barros, da Vila Aparecida, ao lado da Casa dos Meninos e que mereceu uma atenção especial  da Guarda Civil Municipal nesse final de semana. Isso porque atos de vandalismo vêm acontecendo no local com litros de bebidas alcoólicas vazias de diferentes marcas, espalhadas por toda extensão da praça, além de resíduos de outros materiais.

“Só mesmo quem mora aqui  sabe o que acontece aos finais de semana, com pessoas fazendo atos de vandalismo, baderna, tomando bebida alcoólica e usando droga. Se alguém reclama eles xingam e intensificam a algazarra. A Polícia Militar (PM) e  Guarda Civil Municipal (GCM) fazem rondas pelo local, mas assim que as viaturas vão embora, tudo recomeça”,  disse em uníssono um grupo de moradores que pediu a omissão do nome temendo represálias e convidou a reportagem para ver o problema de perto.

O comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Sérgio Bavia, revelou que o policiamento preventivo/ostensivo no local vem sendo feito, mas como a situação está se agravando ele determinou,  através do Programa de Patrulhamento Orientado ao Patrimônio Municipal (PPOP) lançado em 2013 e o programa “Praça Segura”, a intensificação do policiamento comunitário naquela praça para atender aos moradores.

“O trabalho com a Unidade Móvel de Segurança Comunitária (UMSC) foi feito no local devido a grande quantidade de denúncias envolvendo o consumo de entorpecentes nas imediações da praça, bem como algazarras e outras situações que atrapalham a tranquilidade dos vizinhos ou freqüentadores da praça.  A Unidade estará no local nos próximos finais de semana para dar mais segurança aos moradores”, disse Bavia. “A ação será estendida a outras praças da cidade”, acrescentou.