Gape faz operação de tráfico no Jardim Bom Pastor

Na tarde desta segunda-feira a equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (Gape) com os guardas municipais Pichinin, Nogueira, Vaz e Lourenço, em patrulhamento de rotina pela Rua Mário Soares, Jardim Bom Pastor, abordou um indivíduo no momento em que este assobiava para dentro de uma residência. Detido ele informou ter ido buscar entorpecente, pois era usuário.

Enquanto conversavam com o suspeito, os agentes perceberam que uma mulher correu para os fundos da casa. Ao ser questionada essa mulher Stefani A., de 18 anos de idade, teria confessado que estava traficando e mostrou onde estavam escondidas seis “parangas” de maconha, em um pote, dentro da geladeira. Na residência também foi localizado um aparelho celular, um cheque no valor de R$ 2.000,00 e 15,00 em dinheiro.

Diante dos fatos, as partes foram conduzidas até a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) onde o delegado Mauro Sérgio Rodrigues dos Santos, tomou ciência e elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de natureza tráfico de entorpecentes e a indiciada foi recolhida a Cadeia Pública de Porangaba,  permanecendo à disposição da Justiça.