GAPE faz flagrante de furto consumado e porte de entorpecente

Efetuando patrulhamento de rotina pela Avenida Marginal, s/n°, região do Jardim Santa Eliza, a guarnição da Guarda Civil Municipal (GCM), através do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), “copiou” do Copom (rádio comunicação da Polícia Militar), que um veículo Monza de cor vermelha havia sido furtado na região de Rubião Junior.

Após realização de buscas, a Guarda logrou êxito em localizar o veículo, o qual estava parado e com duas pessoas em seu interior: o motorista Giovano Cassiano Pontes, de 36 anos de idade (foto) e um adolescente de 15 anos. Ao ver a viatura Pontes, teria empreendido fuga, sendo localizado em seguida. Aparentemente, o indiciado se encontrava sob efeito de drogas ou álcool, segundo avaliação dos agentes. O menor de idade que estava como passageiro, alegou não conhecer o motorista e que estava apenas de carona.

Após revista pessoal, foi localizada uma porção de maconha junto ao motorista. Diante dos fatos, o indiciado acabou conduzido até o plantão policial, onde a delegada Simone Alves Firmino ratificou a voz de prisão. Pontes foi recolhido ? Cadeia Pública e o adolescente entregue ? sua mãe.

{n}Condenado Capturado {/n}

Outra operação do GAPE foi feita na Rua Ezequiel Teodoro de Freitas no Jardim Itamaraty, local onde está freqüente a prática de furtos a residências. Foi abordado um indivíduo de nome Dhilber Gomes da Silva que, no entender dos agentes estava em atitude suspeita.
Verificado (via Infoseg) os seus antecedentes criminais e constatado que o mesmo tinha vários envolvimentos negativos com a justiça e estava procurado, sendo então encaminhado ao Plantão Policial, onde a autoridade que se fazia presente determinou o recolhimento de Dhilber ? Cadeia Pública do Município de Porangaba.

{n}Desobediência/resistência{/n}

A Guarda Civil Municipal (GCM), em patrulhamento pela Praça Emílio Pedutti – Bosque, região central da cidade, recebeu denúncia de que quatro indivíduos estavam em atitude suspeita, próximo aos banheiros. Na abordagem, um deles resistiu dizendo ser trabalhador e que não permitiria busca pessoal.
Houve resistência, momento este em que foi necessário uso de força moderada para contê-lo. Alegou ser usuário de maconha, mas que em tal momento não estava fazendo uso do entorpecente. O indiciado foi conduzido ao 1° Distrito Policial (DP), onde a autoridade policial tomou as devidas providências.

{n}Bezerro debilitado{/n}

Na Avenida dos Manacas, s/n° – Green Vale, a GCM atendeu a uma denúncia através do telefone 199 que havia um bezerro junto de sua mãe, que há dias não conseguia se alimentar. Devido seu estado de fraqueza, a equipe de zoonoses, juntamente com a veterinária (presente no local), conduziu o animal até o Setor Veterinário da Unesp, deixando-o aos cuidados da equipe médica.