GAPE e DIG prendem assaltante de pizzaria

Os agentes Trombaco, Vaz e Nogueira, do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), da Guarda Civil Municipal (GCM), juntamente com os policiais Virgílio e Caio, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), realizaram a prisão de um rapaz de 23 anos de idade chamado Danilo da Silva Machado.

A prisão ocorreu na manhã desta sexta-feira (7) no Bloco 7, do Conjunto de Prédios do CDHU, na Rua Mirabel Camargo Pacheco, na Vila Cidade Jardim. O rapaz é apontado como o autor de um roubo ? mão armada na Vila Pinheiro, contra a Pizzaria Portinari, no último dia 22 de junho, ocasião em que subtraiu do caixa R$ 245,00, em dinheiro, após render e ameaçar o proprietário.

A prisão do acusado foi feita em razão da colaboração da comunidade que fez denúncia indicando onde ele estava escondido. Além da prisão, foi apreendido o capuz e a réplica de pistola que teria sido usada no crime. “Mais uma vez a participação da população foi importante ajudando a prender marginais, através de informações, sem a necessidade de se identificar. É muito importante para o bem comum esse sincronismo que existe entre as polícias, a guarda e a comunidade”, frisou o agente Trombaco.

Embora tenha sido reconhecido pela própria vítima, Danilo Machado, não assumiu que teve participação naquele roubo. “Acho que estou sendo confundido com outra pessoa. Só pode ser isso. Sou evangélico, não bebo, não fumo e tenho quatro filhos para criar. Tenho passagem quando era adolescente. Me casei aos 17 anos, sou pintor predial e nunca mais me meti em encrenca com a polícia. Espero que isso seja resolvido logo”, disse o acusado.

O delegado titular da DIG, Celso Olindo, ressalta que não tem dúvida quanto a participação de Danilo Machado no assalto ? pizzaria. “As características batem e, além disso, foi feito reconhecimento pela própria vítima. Por isso decretamos sua prisão preventiva a agora ele terá que responder pelo crime em juízo”, disse Olindo.

Fotos: Valéria Cuter