Gape apreende menor reincidente em crime de tráfico

Operação resultou na apreensão de três pedras de crack, cinco porções de cocaína e três “parangas” de maconha, R$170,00 e um telefone celular

 

Nesta quarta-feira (06) os guardas civis municipais Nogueira, Vaz, Lourenço e Zambonato do Grupo de Ações Preventivas Especiais (Gape),  da Guarda Municipal, apreenderam um adolescente de 15 anos com três tipos de entorpecente. O fato aconteceu no Jardim Brasil, onde os guardas efetuavam patrulhamento preventivo comunitário.

Agentes se depararam com o menor agachado atrás de um caminhão e no local onde mexia foram encontradas três pedras de crack, cinco porções de cocaína e três “parangas” de maconha e na revista pessoal a importância de R$170,00 e um telefone celular. O caso foi apresentado na Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (DISE), sendo que o delegado Dr. Paulo Fábio Buchignani deliberou pela apreensão do menor junto ao Núcleo de Atendimento Inicial (NAI), estando à  disposição do juiz da Vara da Infância e Juventude.

Vale lembrar que esse adolescente infrator já havia sido surpreendido em situação de tráfico no final de 2015 e não ficou apreendido numa Fundação do Centro de Atendimento Socieducativo ao Adolescente (CASA) por falta de vagas. Também foi apurado que na virada do ano para 2016 ele teria faturado R$1.000,00 somente em uma noite vendendo drogas. O adolescente disse que não tentou fugir da equipe do Gape, imaginando que seria liberado.