Fotógrafo de Botucatu morre acidentado na Rondon

A imprensa de Botucatu está de luto. No início da noite deste sábado, o fotógrafo profissional Devanil Camargo, de 35 anos de idade, que trabalhava no jornal A Gazeta de Botucatu, teve morte prematura em um acidente ocorrido na SP 300 Rodovia Marechal Rondon, km 227+350, sentido leste, entre Botucatu e Anhembi.

De acordo com o que está descrito no relatório da Polícia Militar Rodoviária, Devanil trafegava pela citada rodovia quando seu veículo modelo Golf veio a bater contra a lateral esquerda de um caminhão GM Chevrolet 60, com placas da cidade de Francisco Morato. Com o impacto da batida o caminhão veio a, literalmente, subir em cima do Golf onde estava o fotógrafo, que teve morte instantânea.

No local estiveram os peritos do Instituto de Criminalística (IC) de Botucatu que fizeram o levantamento das causas do acidente. O resultado deverá sair nos próximos dias. O corpo de Devanil foi recolhido pela Funerária Coração de Jesus e o caso registrado na Delegacia de Polícia de Anhembi.

O condutor do GM/Chevrolet teve ferimentos leves, bem como o passageiro do mesmo veículo, sendo que ambos foram socorridos ao Pronto Socorro da Unesp de Botucatu pela ambulância da Concessionária Rodovias do Tietê, passados por avaliação médica e liberados.

O corpo de Devanil foi velado neste domingo no Complexo Funerário Orlando Panhozi, por onde passaram centenas de pessoas, entre elas, muitas da imprensa escrita e falada da cidade com quem ele dividia os melhores espaços para registrar os fatos com sua máquina.

Atualmente, além de fazer fotos reportagens e a diagramação da capa e contracapa para o jornal A Gazeta de Botucatu, Devanil era visto com muita freqüência nas festas sociais da cidade já que ele era o profissional responsável pelas fotos da colunista social, Glória Dinucci.

Foto: Ilustrativa