Forças de Segurança estão no encalço do estuprador de jovem

As Forças de Segurança da Cidade, formada pela Polícia Civil, através da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Polícia Militar (PM) e Guarda Civil Municipal (GCM) estão empenhadas para identificar a identidade de um cidadão que estuprou uma estudante de 21 anos em um lugar ermo da Fazenda Lageado.

Embora o circuito de segurança tenha captado esse homem levando a vítima a um local mais afastado mostrando suas características físicas e trajes, a polícia não permitiu as imagens. Como o local é bastante freqüentado não está descartada a possibilidade de que algumas pessoas possam ter visto ou até mesmo conversado com o criminoso.

Durante toda a sexta-feira os policiais civis e militares, além dos agentes municipais patrulharam a cidade com os indícios de autoria que foram levantados nas investigações preliminares, assim como nomes de alguns suspeitos. O trabalho prossegue neste final de semana e é possível que nas próximas horas o criminoso seja preso.

 

O crime

A mulher relatou que estava caminhando como de costume pela rua principal da Fazenda Lageado, quando foi abordada por um individuo desconhecido que de posse de uma faca anunciou o assalto pedindo R$ 600,00 para pagar suas dividas com drogas. Esse local onde a vítima foi abordada é bastante frequentado para prática de corrida e caminhada principalmente pelas manhãs e aos finais de tarde.

Enquanto desenrolava a conversa o marginal foi conduzindo a vitima para o final da via principal onde passaram uma porteira e pegaram uma estrada de terra que termina em um ribeirão onde o autor vendou a vitima e amarrou seus punhos para trás, abaixando seu short e a violentado.

Após o ato teria dito à mulher para sair do local e evadiu-se levando o seu celular. Segundo a vítima, a ação criminosa durou cerca de 40 minutos e as características físicas do criminoso foram apresentadas à delegacia. A vítima também passou por atendimento médico no Hospital das Clínicas (HC).