Força Tática realiza flagrante de tráfico no Parque Marajoara

Fotos: Valéria Cuter

Já conhecido nos meios policiais pelo seu envolvimento com o tráfico de entorpecentes, Leonardo Donizetti da Costa, de 24 anos de idade, foi preso no início da tarde desta quinta-feira (31), na Rua Jorge Venâncio, região do Parque Marajoara, numa ação da Força Tática da Polícia Militar (PM) com o sargento Tocchio, cabo Neto e soldado Gonzaga.

Em patrulhamento pelo local os policiais avistaram Costa que mostrou-se incomodado com a presença da viatura gerando suspeita e ocasionando a abordagem. Na revista pessoal foi encontrado em poder do averiguado 14 pedras de crack e 15 porções de cocaína, além de R$ 20,00 em dinheiro.

Os policiais também perceberam que o averiguado, antes da abordagem, estava saindo de um terreno baldio na mesma rua. Foram efetuadas buscas e localizado em uma moita, mais 43 pedras de crack e 20 porções de cocaína em embalagens idênticas as que foram apreendidas como o suspeito. Também havia nesse esconderijo 11 “parangas” de maconha.

Assistido pela delegada Silvana Pradela Carli, o indiciado foi conduzido ? Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) e acabou enquadrado em crime de flagrante de tráfico de entorpecentes, sendo recolhido ? Cadeia Pública local. Nunca é demais lembrar que para o crime de tráfico de entorpecentes a lei faculta aos condenados uma pena que varia de 05 a 15 anos de reclusão.

Na delegacia Leonardo Costa alegou que já havia sido preso por tráfico e permaneceu três meses preso antes de ser liberado. “O que acontece “tio” (repórter) é que se uma pessoa vai presa uma vez ninguém mais dá emprego. Isso aconteceu comigo. Já paguei pelo que fiz, não consigo trabalho e tive que me virar, mas a PM pegou e agora tenho que pagar cadeia de novo”, disse sem revelar a origem da droga.