Força Tática prende cidadão que estuprou e matou uma mulher

Um cidadão de 38 anos de idade chamado Antônio Lourenço Corrêa, que tem em seus antecedentes criminais uma pena de crime de estupro seguido de assassinado a cumprir foi preso neste sábado pela equipe da Força Tática da Polícia Militar composta pelo tenente Sayki e soldados Douglas e Gonzaga.

Para efetuar a prisão desse cidadão os policiais receberam uma denúncia anônima feita ao Comando da Polícia Militar (COPOM) revelando que ele se encontrava em uma casa na região do Bairro Campos Elíseos, Município de Botucatu. A polícia compareceu no local e deu voz de prisão ao condenado.

Ao verificar os antecedentes criminais de Corrêa, a PM constatou que ele estava procurado pela Justiça por ter praticado crime de estupro contra uma mulher no ano de 1994. Consta da denúncia que além de abusar sexualmente da mulher, ele teria desferido várias facadas na vítima causando-lhe ferimentos que a levaram ? morte.

“Constatamos que ele já havia cumprido parte de sua pena e estava em liberdade condicional, porém o benefício foi revogado porque parou de se apresentar, mensalmente, em juízo como determinava a Justiça. Em razão disso ele estava sendo procurado”, comentou o tenente Sayki que esteve no comando da operação, lembrando que Corrêa ainda tem 3 anos e 10 meses de sentença em regime fechado a cumprir.

O criminoso foi conduzido ao Plantão Permanente e apresentado ? delegada Ana Carolina de Brito, que elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) e determinou seu recolhimento ? Cadeia Pública de Conchas, onde estão confinados os presos da região que cometeram crimes sexuais e não podem ser colocados em celas com presos comuns para não sofrerem represálias.