Força Tática da PM passa por treinamento especializado

Por determinação do comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM-I) de Botucatu, tenente coronel Wagner Tardelli, a Força Tática da Polícia Militar (PM) realizou o treinamento especializado de ações de controle em ocorrência de perturbação da ordem pública.

Entre outras atribuições, cabe aos policiais da Força Tática a execução de tarefas de restauração da ordem pública relativas ao controle de distúrbios civis e operações policiais específicas que extrapolam as ações dos policiamentos ostensivos de área ou que requerem tropas especialmente treinadas.

Durante o treinamento os policiais foram instruídos sobre táticas e técnicas utilizadas pelas equipes de controle de distúrbios, como a utilização correta das munições químicas (agentes dispersantes) e de impacto (balas de borracha). A instrução foi dada pelo comandante do pelotão de Força Tática de Botucatu, tenente Cagliari em duas fases.

Na primeira fase do treinamento foi dada uma aula teórica no auditório do 12º Batalhão e logo em seguida realizado o treinamento prático com simulação de situação de distúrbio civil na qual os militares atuam com a formação de choque e viaturas.

Para Wagner Tardelli, “é dentro da política da Polícia Militar do Estado de São Paulo, (PMESP) a valorização do policial militar com o treinamento adequado e atualizado, com o objetivo de que a prestação dos serviços realizada pela Corporação traga a melhoria contínua na sensação de segurança de toda a população”.