Filhotes de coruja de espécie em extinção são resgatados

Compareceu na Base da Guarda Civil Municipal (GCM) de Botucatu, um senhor para relatar que havia encontrado três filhotes de corujas que estavam abandonados em um ninho na laje da casa de sua vizinha. As avezinhas estavam debilitadas e seus pais não foram localizados. Como esta espécie não abandona seus filhotes a possibilidade é que tenham sido mortos ou capturados, já que se aninharam em área urbana.

Com a chegada do Grupo de Proteção Ambiental (GPA) da GCM, foi constatado que os filhotes eram da espécie Suindara, que está em perigo de extinção e, rapidamente, foram levadas ao Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas) instalado no câmpus de Rubião Júnior da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Botucatu, que tem como diretor o professor/doutor Carlos Teixeira.

As aves foram recebidas pela médica veterinária Lígia Rigoleto Oliva, responsável pelo plantão que examinou os filhotes e os alimentou, pois estavam debilitados. Os filhotes permaneceram sob os cuidados da especialista e caso seja possível serão devolvidos, oportunamente, ? natureza.