Falso funcionário faz “gato” em instalação da NET

Foto – Divulgação

Inicialmente,  o acusado alegou que estava verificando o sistema, se apresentando com um funcionários da NET, mas acabou revelando, de acordo com o que está registrado em Boletim de Ocorrência (BO), que estava, realmente, fazendo o furto do sinal

 

Um cidadão de 26 anos de idade foi preso pelos policiais militares Américo e Emerson na noite desta terça-feira tentando fazer  um “gato NET”  numa residência na Rua Amando de Barros, no Bairro do Lavapés.  Nesse procedimento, também praticado no sistema de energia elétrica,  as pessoas retiram sinal de uma antena paga da rede sem autorização e passam usufruir, clandestinamente,  dos serviços da Net  de graça. O homem detido deverá responder por estelionato, além de ligação clandestina de TV a cabo e internet, receptação de sinal e furto de mercadoria.

A ação policial foi iniciada quando a proprietária da casa, de 26 anos,  percebeu que dois rapazes estavam em seu quintal manuseando a rede da internet.  Um deles ao perceber que havia sido flagrado  saiu correndo, mas o outro que estava na escalada,  inicialmente, alegou que estava verificando o sistema, se apresentando com um funcionário da NET, estando, inclusive, vestido com uma camisa com o logotipo da empresa.

Entretanto, acabou revelando, de acordo com o que está registrado em Boletim de Ocorrência (BO) que estava, realmente, fazendo o furto do sinal. O rapaz recebeu voz de prisão dos policiais militares e acabou conduzido ao Plantão Permanente e apresentado ao delegado Paulo Buchignani que arbitrou uma fiança de mil reais para fazer sua liberação, de acordo com os preceitos da lei. Como o acusado não tinha dinheiro foi recolhido à Cadeia Pública de Itatinga.