Ex-presidiário volta ? cadeia por crime de tráfico de drogas

Nem bem havia saído da prisão onde cumpriu uma pena de um ano e sete meses, por tráfico de entorpecentes, David Eliezer de Proença, de 19 anos de idade, foi preso, novamente, na manhã desta sexta-feira (25) pelos policiais especializados da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE).

A prisão aconteceu na Rua 1º de Maio, região da Vila Antártica em local que já é conhecido como um ponto (biqueira) de venda de entorpecentes, onde vários flagrantes já foram realizados. No Boletim de Ocorrência (BO) consta que os policiais flagraram quando Proença realizava a venda de uma porção de maconha a um motoqueiro.

Ele recebeu voz de prisão e os policiais o acompanharam até sua casa onde foi localizado um “tijolo” de maconha pesando, aproximadamente, 500 gramas que daria para fazer algo em torno de 400 “parangas” da droga, para venda ao usuário.

“Ele foi preso em um local onde, regularmente, efetuamos prisões em flagrante por tráfico de entorpecente. Ele (Proença) é um operário do tráfico e vende drogas para terceiros. Com sua prisão, possivelmente, nas próximas horas, outro “laranja” já estará ocupando seu lugar e nós estaremos atentos para fazer a prisão”, disse o delegado Paulo Buchignani.

Proença alegou que trabalha com o pai como servente de pedreiro e é viciado em maconha, por isso mantinha a droga guardada na sua casa. “A droga era minha porque sou viciado em maconha, senhor. Comprei pra mim usar e não para vender”, disse o indiciado sem revelar de quem ou onde comprou. Depois de prestar depoimento, assistido pelo advogado Everaldo Cecílio, ele foi indiciado em crime de tráfico de entorpecentes e recolhido ? Cadeia Pública de Botucatu.

Fotos: Valéria Cuter