Enquete nacional aprova PM em morte de assaltante

Fotos: Luiz Fernando

Na tarde/noite desta segunda-feira (21) o programa Brasil Urgente da Rede Bandeirantes de Televisão, apresentado pelo jornalista José Luiz Datena realizou um pesquisa de opinião pública a nível nacional sobre a ação dos policiais da Força Tática de Botucatu, sargento Francisco e soldados Edilton e Winckler na noite quarta-feira da semana passada (16), por volta das 23 horas.

Na ocasião um rapaz chamado Alfredo Augusto Dode Fernandes, de 18 anos de idade, morreu baleado com vários tiros em um assalto ? mão armada contra a Pizzaria e Marmitaria Ricci´s que fica no cruzamento das ruas Pedro Colino e Ediberto Roque Sforsim, no Parque dos Comerciários III em confronto com os PMs.

Com a opinião de telespectadores de diferentes regiões do país ao vivo no programa, o número de pessoas que apoiaram a ação policial chegou aos 6 mil telefonemas (90,91%), enquanto os que foram contrários ? ação não ultrapassou a 600 (9,08%). O próprio apresentador se posicionou favorável aos PMs. O sistema de segurança da pizzaria gravou a ação dos ladrões e o vídeo (ver abaixo), foi postado na internet e assistido por milhares de pessoas.

{n}Relembrando o caso{/n}

Esse cidadão acompanhado de um comparsa de nome Lucas Viana Porfírio, que carregava um revólver calibre 38, invadiu o estabelecimento comercial e anunciou o assalto, rendendo a proprietária e funcionários, subtraindo a quantia de R$ 1.100,00.

No momento em que os dois estavam saindo da pizzaria para empreender a fuga deram de cara com a viatura da Força Tática. Porfírio levou dois tiros no peito e mais quatro em outras partes do corpo, sendo encaminhado ao Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas (HC) e permanece internado sob escolta policial, mas não corre risco de vida. Já Alfredo Fernandes morreu no local, com vários tiros.

Os policiais detectaram que minutos antes de entrar na Ricci´s, eles já haviam assaltado a Pizzaria Dumont que fica na Rua Curuzu, região central da Cidade e subtraído R$ 400,00. Outro detalhe, ainda não confirmado oficialmente, aponta que um veículo VW Gol de cor prata teria dado cobertura ao assalto mantendo certa distância do estabelecimento invadido para não despertar suspeitas. Neste gol estariam duas pessoas que fugiram quando o tiroteio começou.

O Boletim de Ocorrência (BO) foi confeccionado pelo delegado Paulo Buchignani e o caso foi entregue ao setor investigativo da Polícia Civil, já que existe a suspeita de que outros assaltos tenham sido cometidos por essa mesma dupla em outros pontos da Cidade.