Embriaguês leva homem pagar R$ 10 mil de fiança

Fotos: Luiz Fernando

Neste final de semana, um caso registrado como direção perigosa e embriaguês ao volante fez com que um infrator, chamado R. A., de 31 anos de idade, pagasse uma fiança estipulada em R$ 10 mil para poder evitar seu recolhimento ? cadeia. A detenção foi feita pela ação do cabo Cláudio e soldado Almeida, na Avenida Vital Brasil, região da Vila Aparecida.

Aponta o relatório policial que o homem, em estado de embriaguês, trafegava com seu Honda Civic, placas de São Manuel, quando perdeu o controle da direção vindo o carro a chocar-se contra um poste e, na sequência, colidiu com dois veículos: um caminhão Volvo e um VW Gol. Também está descrito que teria atropelado um transeunte que teve ferimentos leves. Consta, ainda, que ao ser abordado esse cidadão teria jogado seu Honda Civic contra a viatura policial.

No Plantão Permanente a autoridade policial civil arbitrou uma fiança no valor de R$ 3 mil que foi paga, evitando que o indiciado fosse recolhido ? Cadeia Pública e ele acabou liberado para responder o processo em liberdade. Até então tudo dentro da normalidade, já que a lei faculta ao infrator o pagamento de fiança para crimes desta natureza.

Entretanto, o Ministério Público se manifestou sobre o caso e entendeu ser necessário aumentar valor da fiança em mais R$ 7 mil e determinou a prisão do acusado. A PM foi até sua casa no Jardim Flamboyant e fez seu encaminhamento ao Plantão Permanente e só não ficou preso porque pagou os R$ 7 mil determinados pela promotoria. Com isso, embora, tenha se livrado da prisão, o rapaz teve que desembolsar R$ 10 mil e, mesmo assim, não escapou de responder processo.