Dupla de marginais assalta rancheiro do Rio Bonito

Eram, aproximadamente, 15 horas desta segunda-feira quando um assalto ? mão armada foi registrado pelo policial militar Almeida na Rua Julierme de Abreu e Castro, no Bairro do Rio Bonito Campo e Náutica, zona rural de Botucatu.

O rancheiro Divalci Amâncio, de 65 anos de idade, revela que encontrava-se no interior da residência, momento em que um indivíduo lhe chamou pelo nome na porta da residência. Ao sair para atender foi agarrado por dois indivíduos desconhecidos que anunciaram o roubo.

Não aparentando portar armas (revólver ou faca) os assaltantes forçaram Amâncio a adentrar no interior da residência e o obrigaram a entregar uma quantia de aproximadamente R$ 2.000,00 em dinheiro que ele mantinha guardado na residência. Após prenderem a vítima banheiro, a dupla de assaltantes evadiu-se do local, tomando rumo ignorado.

O relato do crime foi feito na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) ao delegado Geraldo Franco Pires (foto) que confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO) e determinou a investigação ao caso. A hipótese mais provável para este crime é que os marginais, embora fossem desconhecidos da vítima tinham conhecimento de que o rancheiro guardava dinheiro em espécie em sua casa.