DISE realiza a maior apreensão de crack do ano

Uma operação desencadeada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) com os delegados Paulo Fábio Buchignani e Mauro Sérgio Rodrigues dos Santos,  além dos investigadores  Valmir,  Pelares, João,  Bassetto e o escrivão Bruno,  resultou na maior apreensão de crack de 2015.

Foram três quilos divididos em três “tijolos” prensados, que depois de fracionados  dariam para confeccionar cerca de 10 mil pedras para venda a usuários.  Foram presos na ação policial Bruno Rafael Sabino Avelino,  de 18 anos,  que na adolescência teve crimes relacionado ao uso e porte de entorpecentes, lesão corporal e furto; e Ivan Elias Vaz, de 30 anos. Este já conhecido por crimes de tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico. Também já cumpriu pena e tem uma marca de tiro que levou na barriga em 2010.

O trabalho investigativo do serviço de inteligência da delegacia especializada apurou que a dupla estava trazendo a droga em um ônibus interestadual que fazia a linha São Paulo/Bauru e a campana foi feita no Posto Rodoserv Star, na SP-280 Rodovia Presidente Castelo Branco.

Quando o veículo de passageiros aportou no posto os policiais deram voz de prisão aos dois investigados e encontraram a droga em mochilas, devidamente embalada em fita adesiva.  Os dois prestaram depoimento, foram enquadrados em crime de flagrante de tráfico e recolhidos à Cadeia Pública de Itatinga. Serão, oportunamente, escoltados até o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira César, onde aguardarão a audiência com o juiz da Vara Criminal.