DISE faz grande apreensão de droga com ex-condenado

Fotos: Valéria Cuter

Alberto Diego Felipe Coração, de 25 anos de idade, foi preso pelos policiais civis especializados da DISE nesta sexta-feira (12) com uma grande quantidade droga escondida em sua casa na Rua Frei Oscar Lourenzi, na Cohab II. Coração, que já esteve preso por crime de tráfico por três anos foi, novamente, indiciado em crime de tráfico de entorpecentes
Na operação foram apreendidas 530 gramas de cocaína pura (daria para fazer 2 mil papelotes), 2,2 quilos de crack em tijolos (para 3 mil pedras), além de R$ 258,00, duas balanças de precisão, duas filmadoras, folhas de anotações sobre clientes do tráfico, dezenas de saquinhos plásticos utilizados para embalagem da droga, uma colher e um celular.

O trabalho investigativo dos policiais civis detectou que Coração estaria guardando droga em sua residência e com mandado judicial entraram na casa e fizeram a apreensão. “Esse cidadão já é bastante conhecido nos meios policiais e vinha sendo investigado. Felizmente a operação foi coroada de êxito e conseguimos tirar boa quantidade de droga de circulação”, comentou o delegado Paulo Buchignani.

{n}Elogiando a polícia{/n}

Na delegacia um fato inusitado aconteceu. O preso rasgou elogios aos policiais da DISE. “Eles (policiais) trabalharam certinho e fizeram uma “cana” limpa, sem nenhuma agressão. Chegaram na boa e fizeram o trabalho deles. Isso tenho que reconhecer. Só não consegui entender como descobriram que a droga estava comigo, porque não guardo isso em casa”, comentou Coração.

Disse, ainda, que trabalha com revenda de carro, ou seja, compra carro velho, reforma e vende. “Essa droga que a polícia pegou era pagamento de uma dívida de carros. Se não pegasse (a droga) ficaria sem receber. Não vale mais a pena trabalhar (com droga), pois parte dos usuários não têm dinheiro para sustentar o vício e acabam sendo obrigados a trabalhar para o traficante e isso acaba virando uma bola de neve”, frisou Coração.