Dise desmonta esquema de distribuição e drogas em Botucatu e região

 

DISEPoliciais Civis da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), desencadearam nesta quarta-feira, 20, uma operação contra o tráfico de drogas em Botucatu. Na ação foram presos três homens em locais distintos, mas com ligação entre eles na compra e venda de droga. Os nomes não foram passados pela Polícia Civil, mas o trabalho desmontou um esquema de distribuição em Botucatu.

Um dos homens detidos foi flagrado saindo de uma casa em Botucatu onde teria carregado consigo porções de diferentes drogas. Abordado na praça de pedágio entre Botucatu e São Manuel na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), foi constatado que o indiciado estava com 250 gramas de maconha, 100 gramas de crack e 50 gramas de cocaína.

Após a abordagem, os Policiais se dirigiram até a casa onde a droga foi adquirida e foi preso em flagrante o indivíduo que fazia a distribuição das drogas. Foram apreendidas nessa residência uma porção de maconha, uma porção de cocaína, balança de precisão com resquícios de droga, além de R$ 6.700,00 em dinheiro e um caderno com anotações do tráfico.

Ao mesmo tempo, os Policiais Civis faziam diligências em outra residência, de um outro homem que teria comprado droga na primeira casa abordada em Botucatu. Nessa segunda residência, com o segundo homem detido, foram encontrados 2,8 quilos de maconha, 128 papelotes de cocaína, balança digital e R$206,00 em dinheiro.

O homem detido na Rodovia Marechal Rondon (SP-300) disse que veio até Botucatu pegar droga a mando de um terceiro na cidade de Areiópolis, não querendo revelar para a Polícia Civil o nome do suposto mandante.

“Segundo nossas investigações os dois homens presos em Botucatu faziam a distribuição de drogas em diversas biqueiras nas cidades de Botucatu, Pardinho, Itatinga, São Manuel e Areiópolis” disse ao Acontece Botucatu o Delegado Paulo Buchignane da Dise.

Ficou evidente para a Polícia que ali existia uma central de distribuição com dois entregadores da droga. Os três acusados foram levados até a Cadeia de Itatinga e removidos posteriormente para o CDP de Cerqueira César.