DISE desbarata “biqueira” de tráfico no Jardim Peabiru

Fotos: Valéria Cuter

Contando com a participação da equipe de policiais civis especializados da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) sob o comando do delegado Paulo Fábio Buchignani, foi desbaratado mais um ponto de tráfico de entorpecentes, conhecido, popularmente, como “biqueira”, na Cidade.

Desta feita a operação foi realizada no cruzamento das Ruas José Miguel Salomão com a Rafael Lopes, região do Jardim Peabiru, onde foi preso em flagrante delito, Diogo Rodrigues dos Santos, de 18 anos de idade. Segundo apurou a investigação ele mantinha contato com usuários nas proximidades de um bar e ia buscar a droga que escondia num terreno baldio na Rua Zorobabel Ferreira de Sá.

Os policiais ficaram de campana e observaram a ação de traficância do averiguado. Antes que concluísse a terceira venda, os policiais fizeram a abordagem e com ele havia duas “parangas” de maconha. No terreno baldio foram encontradas outras 81 “parangas” embaladas de maneira idêntica ? s duas apreendidas, anteriormente. Ainda no terreno havia cinco porções maiores da droga, pesando 20 gramas cada uma, conhecidas como “parangões”.

Encaminhado ? delegacia Diego Santos, assistido pelo advogado Danilo Carreira, prestou depoimento e foi conduzido ? Cadeia Pública, enquadrado em crime de flagrante de tráfico de entorpecentes. O indiciado alegou que havia comprado duas “parangas” para seu próprio uso e desconhecia o restante da droga encontrada no terreno.

{n}Ação contra “biqueiras”{/n}

De acordo com o delegado Paulo Buchignani, a polícia está fechando o cerco contra as “biqueiras” de tráfico na Cidade como parte de uma ação planejada entre a Delegacia do Interior da 7ª Região (Deinter-7), Delegacia Seccional de Polícia e DISE.

“Nesse início de ano estamos concentrando nossas ações nesses pontos de vendas de droga e outras prisões deverão ser feitas nos próximos dias”, previu Buchignani. “Embora não sejam apreendidas grandes quantidades eles estão espalhados por diferentes pontos da Cidade”, emendou o delegado, lembrando que no ano passado foi tirado de circulação cerca de uma tonelada de droga, somente em ações desencadeadas pela DISE.