DISE cumpre mandado de prisão e apreende revólver ilegal

Fotos: Valéria Cuter

Na tarde desta segunda-feira (4) os investigadores Rossi e Basseto da equipe especializada da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) sob o comando do delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho, realizaram uma operação na Rua Domingos Policastro, região do Bairro Recreio do Havai. Foi preso Adolfo Ramos Zanin, de 22 anos.

Cumprindo mandado de busca e apreensão em razão de denúncia de que mantinha droga escondida, os policiais invadiram a casa, mas não localizaram substâncias entorpecentes. Porém, na gaveta do armário do quarto os policiais encontraram um revólver calibre 38, com a numeração adulterada.

“Nós temos conhecimento de denúncias de que esse rapaz é traficante e age naquela região da Cidade. Nesta operação de hoje não apreendemos droga e ele foi indiciado e preso por crime de posse ilegal de arma que é inafiançável. Paralelo a isso, iremos abrir inquérito policial para enquadrá-lo em crime de tráfico de entorpecentes e pedir sua prisão preventiva, pois temos provas cabais de que ele é traficante”, adiantou Julião Filho.

Na delegacia assistido pelo advogado Everaldo Cecílio, Adolfo Ramos alegou que havia comprado a arma há dois anos e pago por ela R$ 300,00. Mantinha (a arma) em casa para sua segurança pessoal. Negou ter envolvimento com o tráfico. “Não pegaram droga comigo e nem vão pegar porque sou eletricista e não traficante”, defendeu-se o acusado.